Domingo, 15 de Novembro de 2009

Rio Vizela, da nascente à foz (1)

Trabalho efectuado entre Dezembro de 1990 e Junho de 1991, Rio Vizela, da nascente à foz, esteve exposto em diversas localidades, nomeadamente em Vizela (várias vezes, principalmente em escolas da região), Fafe, Vila das Aves e Guimarães, sendo visto por mais de 35.000 pessoas. (Todas as fotos foram digitalizadas de negativos)
Marco Geodésico, no Alto de Margaír, em Gontim, freguesia situada já nos confins 
do Concelho de Fafe, "paredes meias" com Vieira do Minho. A cerca de 150 metros
deste local, nasce o Rio Vizela

Caprichosamente, a natureza, "desenhou" alguns monumentos curiosos, que se estendem copiosamente  pela montanha
Sensivelmente a meio da montanha, um charco de agua, algo revolta, indica-nos que, muito recentemente,
alguns dos garranos que é comum por aqui pastarem,  aqui estiveram
 
Ainda no Alto de Mogaír, acompanhamos o percurso de  Rio Vizela,(que aqui ainda é conhecido com ribeiro de
Costas Antas) que serpenteando montanha abaixo, nos conduzirá a paisagens maravilhosas
 
 

Ainda a meio da montanha e por entre tufos de vegetação rasteira, aqui acobreados pelos sol outonal e pelos

rigores do inverno, o Rio Vizela vai tomando forma

Garranos semi-selvagens, das freguesias vizinhas do Alto de Margaír, pastando dolentemente nas fraldas da serra

 

Um aspecto lindissimo na Freguesia de Gontim, indica-nos que aqui se vive da pastorícia e da agricultura

 

Deixamos já o centro de Gontim para trás, e na estrada para Felgueiras, encontramos esta ponte toda "modernaça",

sendo esta a 1ª ponte sobre o Rio Vizela

 

Ponte Románica de Gontim, 2ª Ponte sobre o Rio Vizela que, aqui, recordamos, ainda se chama ribeiro de Costas Antas

 

Ponte e Moinho do Outeiro, entre Gontim e Felgueiras.


publicado por Júlio César Ferreira às 17:33
| comentar

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009